CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Aécio desiste do Mineirão; Dilma quer ir à final

Presidenciável tucano, Aécio Neves, que diz não temer vaias por sempre ter sido muito aplaudido, vai justificar ausência no jogo do Brasil x Chile com convenção do PSDB em Goiás; já a presidente Dilma Rousseff, que foi xingada na abertura da Copa no Itaquerão, sinaliza que pretende marcar presença na final do dia 13 de julho 

Presidenciável tucano, Aécio Neves, que diz não temer vaias por sempre ter sido muito aplaudido, vai justificar ausência no jogo do Brasil x Chile com convenção do PSDB em Goiás; já a presidente Dilma Rousseff, que foi xingada na abertura da Copa no Itaquerão, sinaliza que pretende marcar presença na final do dia 13 de julho  (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Após de revelar desejo de assistir o jogo do Brasil x Chile no Mineirão, amanhã, o presidenciável tucano Aécio Neves voltou atrás. 

Ao se referir sobre o risco de vaias, após episódio de xingamento da presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa no Itaquerão, ele disse: “Até agora sempre fui muito aplaudido”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No entanto, tucano desistiu de se expor. Ele vai justificar ausência com a convenção do PSDB em Goiás, segundo o colunista Bernardo Mello Franco

Por outro lado, a presidente Dilma Rousseff parece não temer nova agressão e pretende ir à final da Copa, no dia 13 de julho, segundo Ancelmo Góis.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO