Aécio pode indicar ministro da Justiça de Temer

Ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Velloso ganhou a “benção” do PSDB de Minas Gerais e do senador Aécio Neves para ser ministro da Justiça em um eventual governo de Michel Temer; na próxima terça (3), o tucano entregará uma lista de condições para que o PSDB integre a possível gestão do vice; entre elas, dar continuidade às investigações da Lava Jato comandada pela Polícia Federal; outro nome no topo da lista para a pasta é o do paulista Cezar Peluso, também ex-ministro da corte; e por fora corre Alexandre de Moraes, secretário de Segurança de São Paulo

Ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Velloso ganhou a “benção” do PSDB de Minas Gerais e do senador Aécio Neves para ser ministro da Justiça em um eventual governo de Michel Temer; na próxima terça (3), o tucano entregará uma lista de condições para que o PSDB integre a possível gestão do vice; entre elas, dar continuidade às investigações da Lava Jato comandada pela Polícia Federal; outro nome no topo da lista para a pasta é o do paulista Cezar Peluso, também ex-ministro da corte; e por fora corre Alexandre de Moraes, secretário de Segurança de São Paulo
Ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Velloso ganhou a “benção” do PSDB de Minas Gerais e do senador Aécio Neves para ser ministro da Justiça em um eventual governo de Michel Temer; na próxima terça (3), o tucano entregará uma lista de condições para que o PSDB integre a possível gestão do vice; entre elas, dar continuidade às investigações da Lava Jato comandada pela Polícia Federal; outro nome no topo da lista para a pasta é o do paulista Cezar Peluso, também ex-ministro da corte; e por fora corre Alexandre de Moraes, secretário de Segurança de São Paulo (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Velloso ganhou a “benção” do PSDB de Minas Gerais e do senador Aécio Neves para ser ministro da Justiça em um eventual governo de Michel Temer, segundo a colunista Mônica Bergamo.

Na próxima terça (3), o tucano entregará uma lista de condições para que o PSDB integre a possível gestão do vice. Entre elas, dar continuidade às investigações da Operação Lava Jato comandada pela Polícia Federal, vinculada ao Ministério da Justiça.

Outro nome no topo da lista para a pasta é o do paulista Cezar Peluso, também ex-ministro da corte. Por fora corre Alexandre de Moraes, secretário de Segurança de São Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247