Alckmin: Bolsonaro perde para qualquer um no segundo turno

Sem conseguir sair da pior posição de intenção de voto da história para um candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin vai se limitando dar declarações pretensamente provocadoras, mas substancialmente vazias, para chamar a atenção; ele insinuou que quer Bolsonaro no segundo turno porque é o que todo mundo quer: "o que todo mundo quer é o Bolsonaro no segundo turno, porque ele perde para qualquer um. Vamos chegar ao segundo turno”

Alckmin: Bolsonaro perde para qualquer um no segundo turno
Alckmin: Bolsonaro perde para qualquer um no segundo turno (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Sem conseguir sair da pior posição de intenção de voto da história para um candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin vai se limitando dar declarações pretensamente provocadoras, mas substancialmente vazias, para chamar a atenção. Ele insinuou que quer Bolsonaro no segundo turno porque é o que todo mundo quer: "o que todo mundo quer é o Bolsonaro no segundo turno, porque ele perde para qualquer um. Vamos chegar ao segundo turno”.

A nota do jornal O Estado de S. Paulo destaca que ALckmin continua com o desempenho eleitoral muito aquém daquilo que historicamente era conquistado pelo PSDB a pouco mais de um mês das eleições. Na pesquisa Datafolha, Alckmin aparece com 6% da intenções de voto e está atrás de Lula (39%), Bolsonaro (19%) e Marina (8%), tecnicamente empatado com Ciro Gomes (5%).

"Apesar da dianteira, Bolsonaro fica atrás de Marina e Alckmin no segundo turno, de acordo com a pesquisa do Datafolha. Contra a ex-ministra, o deputado perderia hoje por 45% a 34%. Já no embate com o tucano, o candidato do PSL seria derrotado por 38% a 33%. Contra Ciro, há situação de empate técnico: 38% contra 35%. Lula bateria todos os candidatos no segundo turno, enquanto Haddad perderia nos dois cenários testados, contra Bolsonaro (38% a 29%) e Alckmin (43% a 20%)."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247