Alcolumbre enfrenta clã Bolsonaro e amplia prazo para CPI das Fake News

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, determinou a suspensão durante a pandemia do coronavírus dos prazos regimentais da comissão e assegurou a prorrogação dos prazos da CPI das Fake News, contrariando o clã Bolsonaro

Davi Alcolumbre, presidente do Senado
Davi Alcolumbre, presidente do Senado (Foto: Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), determinou a suspensão durante a pandemia do coronavírus dos prazos regimentais da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Fake News, garantindo que não haja um prazo limite para os trabalhos da comissão.

O clã Bolsonaro se opõe ao funcionamento da comissão, que investiga perfis que fazem parte do arco de apoio do presidente da República.

O presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA) afirmou que todos precisam atuar no combate às notícias falsas. Ele criticou o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, que atacou todos os membros da CPI indiscriminadamente, queixou-se Coronel. 

Na terça-feira (21), Carlos Bolsonaro disse que o objetivo da comissão seria derrubar o presidente, informa a Folha de S.Paulo

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247