HOME > Brasil

Alexandre de Moraes homologa delação de Ronnie Lessa; Lewandowski faz pronunciamento (assista)

Com a homologação da delação, Lessa concordou em consolidar suas sentenças, esperando uma pena total que oscila entre 20 e 30 anos de prisão

(Foto: Reprodução/JN)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Nesta terça-feira (19), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu validade à colaboração premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa nas investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes, em 2018, segundo reportagem do Globo. Essa decisão será anunciada pelo ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, durante uma coletiva na sede do Ministério da Justiça.

Ronnie Lessa, que já está detido há quase cinco anos por sua conexão com o crime, finalizou sua colaboração com a Polícia Federal há duas semanas, após aprovação dos Ministérios Públicos Federal e estadual. O ex-policial, atualmente preso em Campo Grande (MS), enfrenta múltiplas acusações, incluindo homicídios e tráfico de armas.

Com a homologação da delação, Lessa concordou em consolidar suas sentenças, esperando uma pena total que oscila entre 20 e 30 anos de prisão. Ele será transferido para uma unidade prisional no Rio de Janeiro. Esta decisão representa um avanço significativo nas investigações do caso Marielle. Assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: