Alguns destroem as placas do DF, todos pagam

O DER teve de repor 70% das placas de sinalizao de suas vias no Distrito Federal. Das 6 mil que o Detran instalou neste ano, 1,8 mil foram por danos causados por vandalismo ou acidentes

Alguns destroem as placas do DF, todos pagam
Alguns destroem as placas do DF, todos pagam (Foto: Andressa Anholete/247 - 10.11.2011 )
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Natalia Emerich_Brasília 247 – Neste ano, até outubro, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Departamento de Trânsito (Detran) gastaram R$ 618 mil com reposições de placas de sinalização nas vias do Distrito Federal. Reclama-se muito da quantidade de impostos e da má distribuição dos investimentos públicos, mas a população também colabora para o aumento das despesas.

Das 2.732 placas nas pistas de responsabilidade do DER, 1.912 foram substituídas em decorrência de vandalismo e acidentes de trânsito. Quer dizer, quase 70% delas foram danificadas. “Raramente o motivo é o tempo de uso”, afirma o gerente de Produção Industrial do DER, Luiz Geraldo Rangel Vilela. O Detran instala pelo menos 6 mil por ano. Se não fosse a destruição, seriam 4,2 mil.

Para reduzir o prejuízo,os dois órgãos de trânsito restauram o que é possível. Mesmo assim, trata-se de recurso jogado fora. “Cada recuperação custa R$ 100; ao mês, gastamos R$ 15 mil do dinheiro público com isso”, revela o diretor de Engenharia de Trânsito do Detran-DF, José Lima Simões. Para terceirizar o serviço, o valor por placa triplicaria, diz ele.

No DER, as peças retiradas das ruas são levadas para o parque rodoviário do órgão, onde são recuperadas e recicladas. “As placas públicas são os alvos prediletos dos vândalos; as de instituições privadas não sofrem tanto”, acredita o chefe de gabinete do DER, Reinaldo Teixeira. O prejuízo com as placas que vão para o lixo chega a R$ 24 mil por mês.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email