Altman: Bolsonaro está tentando construir um estado policial

O jornalista Breno Altman, em análise à TV 247, avalia as manifestações ocorridas no último domingo (30) em defesa de Sérgio Moro e também pelo fechamento das instituições, e considera que Bolsonaro investe “na transição de regime político entre a democracia liberal da Nova República para um Estado policial”; assista

(Foto: 247 | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Breno Altman, em análise à TV 247, avaliou as manifestações ocorridas no domingo passado (30), em defesa de Sérgio Moro e em parte também pelo fechamento das instituições, e considera que o presidente Jair Bolsonaro investe “na transição de regime político entre a democracia liberal da Nova República para um Estado policial”.

Altman também expõe que tais manifestações são fundamentais para a extrema-direita fazer a defesa da Lava Jato, operação que ele considera “pilar do bolsonarismo”. 

No entanto, o jornalista constata que as manifestações organizadas pela extrema-direita foram menores do que as ocorridas em 26 de maio, quando grupos isolados saíram às ruas em defesa de Bolsonaro.

Ao analisar a sentença do STF que negou mais um habeas corpus ao ex-presidente Lula, Altman aponta que a suprema Corte é política. “A liberdade de Lula promoveria uma mudança drástica na conjuntura política brasileira”, diz ele. 

Ele acrescenta que “a pressão das ruas irá determinar a liberdade do ex-presidente”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à íntegra da análise:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247