Altman: Haddad é favorito, mas numa batalha renhida

"Haddad é favorito, mas numa batalha renhida", constata o jornalista Breno Altman, em sua análise semanal na TV 247, em que ressalta que a luta entre a civilização e barbárie no segundo turno será ferrenha; "Não há espaço para clima de 'já ganhou', estamos numa batalha brutal. Há uma tempestade no ar", avalia; ele afirma ainda que um segundo turno entre Bolsonaro e Hadadd apavora as classes dominantes, restando o apoio a Ciro Gomes (PDT), que está em terceiro; assista

Altman: Haddad é favorito, mas numa batalha renhida
Altman: Haddad é favorito, mas numa batalha renhida

TV 247 - "Haddad é favorito, mas numa batalha renhida". Esta é a conclusão do jornalista Breno Altman, em sua análise semanal na TV 247, em que ressalta que a luta entre a civilização e a barbárie no segundo turno será ferrenha. "Não há espaço para clima de 'já ganhou', estamos numa batalha brutal, há uma tempestade no ar", enfatiza.

Altman afirma que um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Hadadd (PT) apavora as classes dominantes brasileiras, restando o apoio a Ciro Gomes (PDT), que está em terceiro lugar nas pesquisas. "A elite não confia no candidato do PDT, mas é a única forma de retirar o PT de um segundo turno", observa.

Ele acrescenta que Ciro faz parte do campo progressista e que não deve ser tratado como inimigo. "Não é ele que procura a Globo, é a Globo que procura Ciro", elucida. 

"Ciro Gomes está desidratado, mas com o apoio dos meios de comunicação, ele poderá conquistar votos da centro-direita, com o argumento de que ele é o único que pode afastar o PT do pleito. Porém, Haddad tem um grande potencial de crescimento para atingir o segundo turno", avalia. 

No entanto, o jornalista ressalta que, se Haddad se descolar do ex-presidente, o candidato poderá dar um tiro no pé. "Lula é a questão chave desta campanha", defende. 

Altman conclui sua análise dizendo que não há clima para 'já ganhou'. "Haddad é favorito, mas numa batalha renhida. Estamos atravessando uma tempestade", alerta. 

Inscreva-se na TV 247 e confira a análise de Breno Altman:

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247