Ambientalistas e ruralistas mandam proposta conjunta ao governo federal para conter o desmatamento na Amazônia

A Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura reúne empresas como JBS, WWF, Danone, Unilever e Natura

WWF, JBS, Natura, Unilever, Danone
WWF, JBS, Natura, Unilever, Danone (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma coalizão formada por 230 organizações e empresas ligadas ao meio ambiente e ao agronegócio enviou ao governo federal, nesta terça-feira, 15, uma série de propostas para combater desmatamento na Amazônia. O documento foi divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura encaminhou o documento a Jair Bolsonaro e ao vice-presidente Hamilton Mourão, além dos ministérios da Agricultura, Meio Ambiente, Economia e Ciência e Tecnologia.

Entre as empresas que estão nesta investida estão WWF Brasil, WRI Brasil, TNC, Imazon, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), JBS, Klabin, Marfrig, Amaggi, Basf, Danone, Natura, Unilever e outras.

Segundo o grupo trata-se de “um dos raros foros de diálogo entre o agronegócio e ambientalistas”.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247