Ambulante é espancado e morre após reclamar do preço da carne

Os dois agressores estavam embriagados. Eles foram levados para a delegacia e presos preventivamente

www.brasil247.com - Wagner de Oliveira Lovato
Wagner de Oliveira Lovato (Foto: Reprodução/Redes sociais)


Portal Metrópoles - Um vendedor ambulante morreu, na noite desse domingo (3), após ser espancado em frente a uma casa de carnes, na cidade de Alvorada, Região Metropolitana de Porto Alegre (RS).

A vítima foi identificada como Wagner de Oliveira Lovato (foto em destaque), de 40 anos. O homem chegou a ser transferido para o Hospital Cristo Redentor, na capital, mas não resistiu aos ferimentos. Ele teve morte cerebral, informou a unidade de saúde. 

As agressões ocorreram no sábado (2). Wagner foi espancado por um funcionário do estabelecimento que estava de folga e por um amigo dele.

“Ele [Wagner] teria tido uma discussão banal. Na saída, houve uma briga. Ele tomou dois socos, se desequilibrou e bateu com a cabeça no chão. Também há relatos de que o funcionário teria chutado a cabeça dele”, conta o delegado Edimar de Souza.

“Um dos agressores disse que a vítima saiu do estabelecimento sem comprar nada e teria falado que a carne estava cara e que não era de qualidade”, completou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email