Ameaçado, Cachoeira tramou queda de diretor-geral do Dnit nas páginas da Veja

rgo encaminhou PF e ao Tribunal de Contas problemas cometidos pela Delta em obras. Contrariado, o bicheiro forneceu informaes sobre irregularidades no Dnit para a revista Veja

Ameaçado, Cachoeira tramou queda de diretor-geral do Dnit nas páginas da Veja
Ameaçado, Cachoeira tramou queda de diretor-geral do Dnit nas páginas da Veja (Foto: Bruno Stuckert/Folhapress_Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Em conversas no primeiro semestre de 2011, o empresário Carlinhos Cachoeira disse a Claudio Abreu, diretor da Delta no Centro-Oeste, que estava fornecendo informações sobre irregularidades no Dnit para a revista "Veja" durante a apuração de uma reportagem. O bicheiro não gostou da interferência do diretor-geral do órgão, que denunciou problemas com obras da empreiteira à Polícia Federal e ao Tribunal de Contas, e tramou sua queda.

Leia na reportagem da Folha:

Os seguidos problemas com obras da Delta levaram a cúpula do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) a apontar irregularidades envolvendo a empresa a órgãos de controle, como Polícia Federal e Tribunal de Contas.

A Delta é a empresa que mais recebe recursos do governo federal desde 2007.

A maioria dos contratos é de obras para o Dnit, principalmente construção ou conservação de rodovias. Em 2011, dos R$ 862,4 milhões que o governo pagou à companhia, 90% do valor veio do departamento de estradas.

Obras estavam malfeitas ou atrasadas, segundo o Dnit. A partir de 2010, o órgão começou a abrir processos administrativos ou emitir documentos que ameaçavam tirar contratos da empreiteira, que nega irregularidades.

O atrito entre a Delta e o Dnit levou o grupo comandado por Carlinhos Cachoeira, investigado por suspeita de contravenção e ligado à empreiteira, a atuar pela queda do diretor-geral do órgão.

Em conversas no primeiro semestre de 2011, Cachoeira disse a Claudio Abreu, diretor da Delta no Centro-Oeste, que estava fornecendo informações sobre irregularidades no Dnit para a revista "Veja" durante a apuração de uma reportagem.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email