Ameaçado por bolsonaristas, Glauber Braga diz que "não retira uma palavra" do que disse a Moro

Após deputados do PSL ameaçarem ingressar com uma representação no Conselho de Ética devido à arguição incisiva que fez ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante audiência realizada na Câmara nesta terça-feira (2), o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) gravou um vídeo onde afirma que “não retira uma palavra do que disse” sobre Moro; na audiência, Braga disse que Moro "entrará para a história como um juiz ladrão"

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

247 - Após deputados do PSL ameaçarem ingressar com uma representação no Conselho de Ética devido à arguição incisiva que fez ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, [leia no Brasil 247] durante audiência realizada na Câmara nesta terça-feira (2), o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) gravou um vídeo onde afirma que “não retira uma palavra do que disse” sobre Moro. 

“Acordei com a ameaça de alguns deputados bolsonaristas dizendo que vão me processar, entrar no Conselho de Ética. Se for aceito, o que não acredito, podem ter certeza que vou propor a produção de provas, vou propor a convocação de testemunhas e vai ser mais uma oportunidade para demonstrar que Sérgio Moro é um juiz ladrão. Não retiro uma palavra do que disse ontem”, diz o parlamentar no vídeo. 

Na audiência nesta terça-feira na Câmara, Braga afirmou: "O senhor [Moro] entrará para a história como um juiz ladrão".

Inscreva-se na TV 247 e confira o vídeo do deputado Glauber Braga:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247