André Mendonça prega em culto evangélico e admite: "bispos da Assembleia de Deus são autoridades sobre mim"

Neste domingo, o indicado de Bolsonaro ao STF pregará na Comunidade das Nações, em Brasília

André Mendonça
André Mendonça (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O indicado de Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF), o "terrivelmente evangélico" André Mendonça, pregou como pastor no último domingo (12), na Assembleia de Deus de Madureira (RJ), do bispo Manoel Ferreira. 

No culto, estava presente o deputado líder da "bancada da Bíblia", Cezinha de Madureira (PSD-SP). Jair Bolsonaro e Eduardo Cunha também são frequentadores do templo. 

Neste domingo (19), o ex-advogado-geral da União pregará novamente. Desta vez, ele irá à Comunidade das Nações, em Brasília, junto ao bispo bolsonarista JB Carvalho.

PUBLICIDADE

"Os senhores são bispos da Assembleia de Deus, mas, para além disso, Deus os constituiu bispos sobre a minha vida. Vocês têm autoridade espiritual sobre a minha vida. Vocês é quem são autoridades sobre mim. Eu sou um discípulo", declarou Mendonça no culto da semana passada. (Com informações da coluna de Carolina Brígido, no UOL). 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email