'Antídoto' contra impeachment, Mourão coleciona polêmicas

Dos vices indigestos, o general Mourão é o maior deles; deu mais trabalho do que solução ate agora para seu cabeça de chapa e 'comandante' Jair Bolsonaro (PSL); as polêmicas do general Mourão se 'empilham' na campanha do ex-capitão e podem até ser vistas como marketing; Mourão, diga-se, complementou uma anti-chapa com seu ex-subalterno na academia das Agulhas Negras: tudo parece bastante confuso, antidemocrático e fóbico

'Antídoto' contra impeachment, Mourão coleciona polêmicas
'Antídoto' contra impeachment, Mourão coleciona polêmicas (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Dos vices indigestos, o general Mourão é o maior deles. Deu mais trabalho do que solução ate agora para seu cabeça de chapa e 'comandante' Jair Bolsonaro (PSL). As polêmicas do general Mourão se 'empilham' na campanha do ex-capitão e podem até ser vistas como marketing. Mourão, diga-se, complementou uma anti-chapa com seu ex-subalterno na academia das Agulhas Negras: tudo é confuso, antidemocrático e fóbico. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo faz uma breve biografia crítica do general e meio à candidatura bosonarista, em tom de relato: "fosse na hierarquia militar e seria inaceitável um general de quatro estrelas, condecoração máxima no Exército, acatar ordens de um mero capitão reformado. Quis o jogo eleitoral, contudo, que Antonio Hamilton Mourão, 65, virasse o vice daquele que foi seu calouro da Academia Militar das Agulhas Negras, Jair Bolsonaro, 63. E com direito a bronca pública".

A matéria destaca que mesmo depois de ser 'censurado' pelo cabeça de chapa, o vice continuou botando banca: "pois o general voltou a criticar o direito trabalhista e, em outra fala que municiou os que apontam tendências ditatoriais na chapa bolsonatista, propôs a criação de uma nova Carta. No mundo ideal, ela seria formulada por uma comissão de notáveis --nomes ele não deu, mas disse que 'uma Constituição não precisa ser feita por eleitos pelo povo'."

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247