Anvisa inicia investigação sobre distribuição de 2,2 milhões de testes sem registro

Os kits teriam sido produzidos com componentes chineses pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná, dentro de um contrato de R$ 208 milhões com a Fiocruz, e entregues ao Ministério da Saúde

ANVISA
ANVISA (Foto: ANVISA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) iniciou uma investigação para apurar as circunstâncias da fabricação e distribuição de 2,2 milhões de testes para Covid-19 sem registro da agência.

Os kits teriam sido produzidos com componentes chineses pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná, dentro de um contrato de R$ 208 milhões com a Fiocruz, e entregues ao Ministério da Saúde.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email