Apagão no Amapá: jovem dorme com gerador ligado e é achado morto

A suspeita é de que o técnico em informática tenha morrido asfixiado após inalar monóxido de carbono de um gerador de energia enquanto dormia na empresa onde trabalha

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - De acordo com investigações da Polícia Civil do Amapá, o jovem Jehoash Vitor Monteiro, de 24 anos, que foi encontrado morto em 6 de novembro, em Porto Grande, no Amapá, faleceu em decorrência de um gerador de energia instalado por conta do apagão.

A suspeita é de que o técnico em informática tenha morrido asfixiado após inalar monóxido de carbono de um gerador de energia enquanto dormia na empresa onde trabalha.

Segundo reportagem do Uol, testemunhas afirmaram que Jehoash dormiu na empresa para ter energia com o gerador movido a óleo diesel, já que o estado está sem eletricidade desde o dia 3 de novembro.

A empresa onde Jehoash trabalhava, a Webflash, fornece internet banda larga em Porto Grande. Ele era o supervisor do serviço na cidade e tinha acesso ao imóvel. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247