“Apenas na diplomacia não dá. Quando acabar a saliva, tem que ter pólvora”, diz Bolsonaro sobre Biden e Amazônia

Jair Bolsonaro criticou o recém eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que pretende aplicar sanções comerciais contra o Brasil caso não mude sua política ambiental (vídeo)

(Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro criticou o recém eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que pretende aplicar sanções comerciais contra o Brasil caso não mude sua política ambiental, em evento no Planalto.

Bolsonaro disse que a diplomacia nem sempre é suficiente, e que “quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, senão não funciona. Não precisa nem usar pólvora, mas tem que saber que tem. Esse é o mundo”.

“Assistimos há pouco um grande candidato a chefia de Estado dizer que, se eu não apagar o fogo da Amazônia, ele levanta barreiras comerciais contra o Brasil. E como é que podemos fazer frente a tudo isso? Apenas na diplomacia não dá, não é, Ernesto [Araújo]? Quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, senão não funciona. Não precisa nem usar pólvora, mas tem que saber que tem. Esse é o mundo. Ninguém tem o que nós temos.”

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247