Após apagão de 10 dias, plataforma Lattes volta parcialmente, segundo CNPq

Segundo o CNPq, a base de dados conta com as atualizações feitas até a data em que os sistemas ficaram indisponíveis, no dia 23 de julho

(Foto: Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) informou nesta terça-feira, 3, que a plataforma Lattes voltou parcialmente após ter ficado fora do ar por dez dias. Segundo o CNPq, a base de dados conta com as atualizações feitas até a data em que os sistemas ficaram indisponíveis, no dia 23 de julho.

Apesar de ter voltado ao ar, ainda não é possível fazer atualizações dos currículos, mas está disponível a opção de impressão e download.

O CNPq é uma entidade responsável pela pesquisa e pelo pagamento de bolsas a cientistas brasileiros, financiando cerca de 80 mil pesquisadores brasileiros.

Segundo o ex-ministro Aloizio Mercadante (PT), presidente da Fundação Perseu Abramo, relacionou o apagão no servidor do CNPq aos ataques do governo Jair Bolsonaro contra a educação e o desenvolvimento científico no Brasil.

PUBLICIDADE

“O obscurantismo e o boicote de Bolsonaro configuram-se como um verdadeiro crime contra a ciência”, afirmou.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email