Após discurso que defendeu tolerância, Janaina pede para pensar sobre vice

Em discurso polêmico na convenção do PSL, que lançou Bolsonaro candidato à presidência, a advogada Janaina Paschoal pediu moderação e tolerância aos seguidores de Bolsonaro e colocou: "Reflitam se não estamos correndo o risco de fazer um PT ao contrário"; convidada, ela pediu mais tempo para pensar sobre a vaga de vice

Após discurso que defendeu tolerância, Janaina pede para pensar sobre vice
Após discurso que defendeu tolerância, Janaina pede para pensar sobre vice (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 - A advogada Janaina Paschoal fez um discurso que causou polêmica na convenção nacional do PSL neste domingo 22, que lançou Jair Bolsonaro pré-candidato à presidência da República. Convidada pelo partido, ela pediu mais tempo para pensar sobre a vaga de vice na chapa.

Autora do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff, ela criticou os seguidores de Bolsonaro e pediu moderação e tolerância. Ela ressaltou que "não se ganha eleição com um pensamento único" e disse que hoje os aliados do deputado só aceitam quem pensa exatamente como eles.

"Não se governa uma nação com pensamento único. Os seguidores, muitas vezes, do deputado Jair Bolsonaro têm uma ânsia de ouvir um discurso inteiramente uniformizado. Pessoas só são aceitas quando pensam exatamente as mesmas coisas. Reflitam se não estamos fazendo o PT ao contrário", declarou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247