Após pacote do Congresso, Lava Jato acelera acordo com Odebrecht

Empreiteira pagará cerca de R$ 6,7 bilhões por meio do acordo de leniência firmado com a Justiça no âmbito da Operação Lava Jato; valor é o maior já pago por uma empresa brasileira em investigações ligadas à corrupção; expectativa é que o acordo de leniência e de delação premiada de 77 executivos e ex-executivos da construtora sejam assinados ainda nesta quinta-feira (1); acordo foi celebrado menos de 24 horas após a Câmara aprovar o pacote anticorrupção proposta pelo MP - que inclui a punição de juízes e promotores por abuso de poder

Odebrecht
Odebrecht (Foto: Paulo Emílio)

247 - A empreiteira Odebrecht pagará cerca de R$ 6,7 bilhões por meio do acordo de leniência firmado com a Justiça no âmbito da Operação Lava Jato. O valor é o maior já pago por uma empresa brasileira em investigações ligadas à corrupção. A expectativa é que o acordo de leniência e de delação premiada de 77 executivos e ex-executivos  da construtora sejam assinados ainda nesta quinta-feira (1).

O acordo de leniência deveria ter sido assinado na semana passada. O atraso aconteceu em razão do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que também está atuando no caso, exigir uma multa mais elevada a ser paga pela Odebrecht.

O acerto envolve, ainda, a Suíça, país onde a empreiteira possui recursos bloqueados em diversas instituições financeiras. O país europeu também cobra uma punição à empreiteira e a prisão dos executivos envolvidos em ações de corrupção. 

Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o presidente da empresa, Marcelo Odebrecht alegou inocência. Relembre:

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247