Após renúncia de pesquisadores, diretor da Capes pede demissão

Flavio Anastacio de Oliveira Camargo, diretor de Avaliação da Capes, cargo do alto escalão do órgão. Mais de cem profissionais renunciaram recentemente.

www.brasil247.com - Milton Ribeiro, Ministro da Educação, ao lado de Cláudia Mansani Queda de Toledo, presidente da Capes (Foto: Reprodução).
Milton Ribeiro, Ministro da Educação, ao lado de Cláudia Mansani Queda de Toledo, presidente da Capes (Foto: Reprodução). (Foto: Reprodução)


247 - Após a renúncia de mais de cem pesquisadores, Flavio Anastacio de Oliveira Camargo, diretor de Avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), pediu demissão do órgão, na última terça feira (14). 

Essa é a primeira demissão no alto escalão da Capes, instituição vinculada ao Ministério da Educação. As baixas anteriores atingiram coordenadores e consultores que não são servidores do órgão, mas têm papel central na avaliação da pós-graduação do país.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o diretor não vinha se sentindo à vontade no cargo, cuja função também envolve a avaliação da pós-graduação, que foi centro de uma controvérsia desde o fim de novembro. Ele também teria alegado problemas de saúde.

Coordenadores e consultores de 4 das 49 áreas de avaliação da pós-graduação já se desligaram, desde o fim de novembro, com fortes críticas aos gestores da Capes. 

 Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247