Após Weintraub chegar aos EUA, governo Bolsonaro publica exoneração

Jair Bolsonaro esperou Weintraub chegar aos EUA para publicar sua exoneração do cargo de ministro da Educação, o que reforça a suspeita de que Bolsonaro acobertou a fuga, permitindo o uso de passaporte diplomático para entrar no país

Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub
Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em uma edição extra do Diário Oficial da União deste sábado, 20 de junho, Jair Bolsonaro publicou a exoneração de Abraham Weintraub do cargo de ministro da Educação. O governo esperou Weintraub chegar nos Estados Unidos, para exonerá-lo do cargo.

Weintraub saiu do Brasil nesta sexta-feira (19), ainda com as prerrogativas de ministro de Estado, rumo aos Estados Unidos. E como as fronteiras dos EUA estão fechadas para egressos do Brasil, o ex-ministro deve ter usado passaporte diplomático, com aval da Casa Civil. 

Weintraub havia anunciado a sua demissão na última quinta-feira (18), com a publicação de um vídeo nas redes sociais, Naquele mesmo dia ele escreveu que pretendia deixar o país "o mais rápido possível".

O ex-ministro responde a investigações no Brasil por racismo e no inquérito que apura ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247