Aposentado aos 55, Temer quer 49 anos de contribuição para aposentaria integral

"O ilegítimo Michel Temer (PMDB) se aposentou aos 55 anos. Ele ganha R$ 30 mil do governo do São Paulo. Mas o tinhoso não tem vergonha de propor 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral"; a crítica é do jornalista Esmael Morais; ele lembra outros defensores da mudança na Previdência: o ex-presidente FHC, que se aposentou aos 37 anos, e o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha que “pendurou as chuteiras” aos 53 anos, com salário de R$ 19,3 mil pagos pela Câmara

Brasília - O vice-presidente da República, Michel Temer, durante entrevista coletiva no Palácio Itamaraty (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O vice-presidente da República, Michel Temer, durante entrevista coletiva no Palácio Itamaraty (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Esmael Morais - O ilegítimo Michel Temer (PMDB) se aposentou aos 55 anos. Ele ganha R$ 30 mil do governo do São Paulo. Mas o tinhoso não tem vergonha de propor 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral.

Se um jovem de 21 anos começar a trabalhar hoje, somente aos 70 ele conseguirá se aposentar – se contribuir ininterruptamente 49 anos.
O diabo é que nem todo mundo consegue ficar empregado tanto tempo, ininterruptamente, se o golpe de Estado se efetivou justamente para promover o desemprego, ou seja, gerar “estoque” de mão de obra barata para gananciosos empresários.

Também é fundamental destacar parte significante da juventude vinha ingressando no mercado do trabalho bem mais tarde, após a universidade e especializações, o que significa que muitos morrerão sem nunca conseguir se aposentar – haja vista a expectativa de vida dos brasileiros.

Outro que defende ferrar o povo pobre na aposentadoria é o ex-presidente FHC. Ele se aposentou aos 37 aninhos.

O ministro da Casa Civil Eliseu Padilha também “pendurou as chuteiras” aos 53 anos, em 1999, com salário de R$ 19,3 mil pagos pela Câmara.

Resumo da ópera: somente um trouxa concordaria com a reforma da previdência proposta por Temer.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247