Assessor do "gabinete do ódio" usa expressão da ditadura de Franco para saudar Carlos Bolsonaro

O assessor da Presidência apontado como um dos integrantes do "gabinete do ódio" pela deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), Filipe Martins, usou expressão do ditador Franco, da Espanha, para cumprimentar Carlos Bolsonaro: 'Ya hemos pasao"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em mensagens trocadas nas redes sociais, o assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins cumprimenta o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho de Jair Bolsonaro, utilizando uma expressão do ditador  Francisco Franco, da Espanha.

Segundo reportagem do jornal O Globo, Martins - que foi apontado na CPI das Fake News, pela deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), de integrar o "gabinente do ódio" - havia sido felicitado por Carlos Bolsonaro pelo aniversário e, ao responder a mensagem, chamou Carlos de "irmão", afirmando que se sente honrado em trabalhar com o vereador. Para encerrar, usou a expressão "Ya hemos pasao" ("Já passamos", em português). A frase foi cunhada por Franco e seus aliados, como uma resposta ao lema "Não passarão!", historicamente utilizado por opositores da ditadura.

"Valeu, irmão! É uma honra fazer parte deste momento e lutar ao lado de gente que está disposta a morrer pelo nosso país e a sacrificar tudo em nome do que é justo e bom. Que a escória continue se mordendo de raiva. ¡Ya hemos pasao!", escreveu Martins.

Antes, Carlos Bolsonaro escreveu: "Parabéns por seu aniversário e pelo conteúdo que tem agregado aos que se interessam em mudar nosso país. Devastaram nossa nação e pessoas como @filgmartin resgatam o sentimento que propositalmente fizeram-nos perder. Um forte abraço e roam-se escória da sociedade!".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247