"Até quando, Cunha, abusarás da nossa paciência?"

Nome da Operação Catilinária, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal, faz referência aos discursos de Cícero contra o conspirador Lúcio Catilina, que pretendia impor um golpe e dissolver o Senado romano; "Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência", disse Cícero, na sua mais famosa Catilinária

Nome da Operação Catilinária, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal, faz referência aos discursos de Cícero contra o conspirador Lúcio Catilina, que pretendia impor um golpe e dissolver o Senado romano; "Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência", disse Cícero, na sua mais famosa Catilinária
Nome da Operação Catilinária, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal, faz referência aos discursos de Cícero contra o conspirador Lúcio Catilina, que pretendia impor um golpe e dissolver o Senado romano; "Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência", disse Cícero, na sua mais famosa Catilinária (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O nome da Operação Catilinária, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal, faz referência aos discursos de Marco Túlio Cícero contra o conspirador Lúcio Catilina, que pretendia impor um golpe e dissolver o Senado romano no ano de 63 a.c.

"Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência", disse Cícero, na sua mais famosa Catilinária.

Leia um trecho do primeiro discurso das "Catilinárias":

"Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência?

Por quanto tempo ainda há-de zombar de nós essa tua loucura?

A que extremos se há-de precipitar a tua audácia sem freio?

Nem a guarda do Palatino, nem a ronda nocturna da cidade, nem os temores do povo, nem a afluência de todos os homens de bem, nem este local tão bem protegido para a reunião do

Senado, nem o olhar e o aspecto destes senadores, nada disto conseguiu perturbar-te?

Não sentes que os teus planos estão à vista de todos?

Não vês que a tua conspiração a têm já dominada todos estes que a conhecem?

Quem, de entre nós, pensas tu que ignora o que fizeste na noite passada e na precedente, em que local estiveste, a quem convocaste, que deliberações foram as tuas?"

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email