Ativistas protestam na sede da Fundação Palmares contra novo presidente

Integrantes do movimento negro ocuparam a sede da instituição em Brasília em protesto contra a indicação de Sérgio Nascimento de Camargo, que já afirmou que o movimento negro precisa ser "extinto", que não existe racismo no Brasil e atacou diversas personalidades negras

Ativistas movimento negro
Ativistas movimento negro (Foto: Reprodução/Imagens Rede Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Integrantes ligadas ao movimento negro realizaram um protesto na Fundação Palmares, em Brasília, contra a indicação de Sérgio Nascimento de Camargo para ocupar a presidência do órgão, que é responsável por promover a cultura de raiz africana pelo combate ao racismo. Camargo, que é negro, diz ser “de direita, contrário ao vitimismo e ao politicamente correto”, além de ter afirmado que o movimento negro precisa ser "extinto"

Na manifestação, realizada nesta sexta-feira (29), os manifestantes subiram até a sede da fundação e ocuparam de forma simbólica a antessala da presidência. Eles, contudo, não foram recebidos sob a alegação de o presidente da Fundação Palmares não se encontrava no local naquele momento.

A nomeação de Sérgio Nascimento de Camargo foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última quarta-feira (27). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247