Atos do MBL contra Bolsonaro e Lula fracassam em todo o País (fotos)

Manifestações do grupo que atuou no golpe de 2016 e pela implantação do fascismo foram um fiasco total

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - Após tentar cooptar uma parte da esquerda para ir em seus atos contra o governo Jair Bolsonaro, afirmando que seriam atos apartidários, o MBL, organização de bolsonaristas “arrependidos” que liderou o golpe contra Dilma Rousseff (PT) e se alimentou com campanhas da extrema direita, apareceu em manifestação no Rio de Janeiro, em Copacabana, com palavras de ordem contra o ex-presidente Lula (PT).

Uma faixa no ato esvaziado do Rio mostra que a manifestação contra Bolsonaro é uma campanha política para a chamada “terceira via”, com o chamado “nem Lula, nem Bolsonaro”.

No Brasil inteiro, os atos fracassaram e foram esvaziados. Em Salvador, capital da Bahia, por exemplo, menos de 100 pessoas participaram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O MBL é uma organização golpista que ajudou na implementação do fascismo no Brasil. Por isso, #DerreteMBL ocupou as redes sociais neste domingo, 12. Nos atos, Lula, inocentado em todos os seus processos, aparece em cartazes vestido de presidiário.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email