Aumento de queimadas neste ano chega a 61%

Dados são referentes ao período de janeiro até esta sexta-feira (3), quando foram registradas 32,6 mil ocorrências; em 2011, na mesma época, 20,2 mil casos foram identificados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Aumento de queimadas neste ano chega a 61%
Aumento de queimadas neste ano chega a 61% (Foto: Divulgação)

247 

– O número de focos de queimadas no País registrou aumento de 61% no período de janeiro até esta sexta-feira (3), segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Este ano foram identificadas 32,6 mil ocorrências e a elevação foi constatada no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 20,2 mil casos. Ainda segundo o órgão, as condições climáticas estão mais propícias aos incêndios este ano, diferentemente de 2011, cujo cenário foi mais úmido.

“O ano passado foi chuvoso. Mas, normalmente, neste período do ano, algumas regiões do Brasil Central ficam até três meses sem chuva e isso favorece a propagação do fogo. Algumas regiões de Mato Grosso e do Tocantins já estão há 30 dias sem chuvas”, explicou o coordenador do Monitoramento de Queimadas do Inpe, Alberto Setzer.

A população do estado de Mato Grosso é a que tem sentido os maiores efeitos das queimadas, com o registro de mais de seis mil ocorrências. No Maranhão, o número de focos de incêndio chega a 5,6 mil. Os casos no Piauí, na Bahia e no Tocantins mantêm-se em torno de três mil ocorrências mapeadas pelos 11 satélites do instituto. No ano passado, o monitoramento de incêndios revelou um decréscimo de 56% das ocorrências em relação aos registros de 2010.

Com informações da Agência Brasil

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247