Ayres Britto veta a palavra mensalão

Presidente do STF diz que o termo expressa pré-julgamento e pede que todos se refiram à Ação Penal 470

Ayres Britto veta a palavra mensalão
Ayres Britto veta a palavra mensalão (Foto: Nelson Jr/STF)

247 – O presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto, tomou uma decisão acertada. Pediu que todos os ministros da corte passem a se referir à Ação Penal 470, e não ao “processo do mensalão”.

Isso porque o termo “mensalão” expressaria um pré-julgamento, indicando que haveria pagamentos mensais a congressistas, de forma regular – o que até agora, diga-se de passagem, jamais foi comprovado.

O que se demonstrou é que os saques de recursos no Banco Rural referem-se à quitação de dívidas de campanha. E o próprio Roberso Jefferson já admitiu que a palavra mensalão foi uma figura retórica, numa tese política.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247