Barbalho dá 'razão a Janot' por investigar Cunha

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) insinuou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está correto em investigar o envolvimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em irregularidades na Petrobras; "O que está ocorrendo na Câmara dos Deputados não está me causando espanto. Esses jabutis não são gratuitos, na extensão do termo. O presidente da Câmara está achando que pode ser um ditador", afirmou

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) insinuou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está correto em investigar o envolvimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em irregularidades na Petrobras; "O que está ocorrendo na Câmara dos Deputados não está me causando espanto. Esses jabutis não são gratuitos, na extensão do termo. O presidente da Câmara está achando que pode ser um ditador", afirmou
O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) insinuou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está correto em investigar o envolvimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em irregularidades na Petrobras; "O que está ocorrendo na Câmara dos Deputados não está me causando espanto. Esses jabutis não são gratuitos, na extensão do termo. O presidente da Câmara está achando que pode ser um ditador", afirmou (Foto: Valter Lima)

247 - O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) insinuou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está correto em investigar o envolvimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em irregularidades na Petrobras.

Barbalho afirmou não se surpreender com a inclusão de "jabutis" em propostas debatidas pelos deputados.

"O que está ocorrendo na Câmara dos Deputados não está me causando espanto. Esses jabutis não são gratuitos, na extensão do termo", disse. "O presidente da Câmara está achando que pode ser um ditador, e vou ter que acabar dando razão ao doutor Janot. Lamento ser do PMDB e ter de fazer essa crítica", disse em seguida.

O senador lembrou que já apresentou um requerimento para a constituição de uma comissão especial sobre a maioridade penal. Ele disse que está faltando apenas a indicação dos membros por parte dos líderes.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247