Barbosa: julgamento da AP 470 só termina em setembro

Relator da Ação Penal 470 se une ao colega Marco Aurélio Mello, que havia dito que considera muito "otimista" o cronograma inicial apresentado pelo presidente do STF, Carlos Ayres Britto; Ayres Britto previu que o julgamento terminaria no fim de agosto; voto de Peluso vai ficando distante

Barbosa: julgamento da AP 470 só termina em setembro
Barbosa: julgamento da AP 470 só termina em setembro (Foto: Nelson Jr./SCO/STF )

Agência Brasil – O relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, admitiu hoje (22), pela primeira vez, que o julgamento só será concluído em setembro. Ele fez a consideração após deixar a sessão plenária desta quarta-feira (22).

Com a ponderação, o ministro se une ao ministro Marco Aurélio Mello, que, em ocasião anterior, disse considerar muito "otimista" o cronograma inicial apresentado pelo presidente da Corte, Carlos Ayres Britto. Em junho, quando o processo foi colocado em pauta, Ayres Britto garantiu que o julgamento terminaria no final de agosto.

Barbosa também acredita que a dinâmica do julgamento vai melhorar quando o estilo de votação de cada ministro for apresentado. O revisor Ricardo Lewandowski estreou seu voto nesta tarde com viés mais subjetivo, voltado aos réus, diferentemente de Barbosa, que optou por focar nos fatos criminosos.

Além do terceiro capítulo, já votado pelo relator e pelo revisor, outro item que promete demandar mais tempo, por envolver a conduta de vários réus, é o sexto. Esse capítulo trata dos crimes de corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro dos partidos de base aliada do governo.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247