Barroso atende a pedido do TRE do Amapá e adia eleições em Macapá

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, decidiu adiar as eleições na capital do estado, Macapá, a pedido do Tribunal Regional Eleitoral

Ministro Luís Roberto Barroso e apagão em Macapá
Ministro Luís Roberto Barroso e apagão em Macapá (Foto: Abdias Pinheiro/ASCOM/TSE | Rudja Santos/Amazônia Real)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As eleições municipais em Macapá, capital do Amapá, estão adiadas por decisão tomada nesta quarta-feira (11), pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que atendeu a pedido do Tribunal Regional Eleitoral.

O adiamento vigora até o restabelecimento regular da energia elétrica no município

O primeiro turno em todo o país se realizará neste domingo (15) e o segundo dia 29. A decisão de Barroso vai a referendo, pelo plenário do TSE, nesta quinta (12).

O estado do Amapá enfrenta uma crise no abastecimento de energia elétrica desde a semana passada. Municípios da região ficaram totalmente sem energia após um incêndio ter atingido a principal subestação do estado. No sábado, bairros de duas cidades começaram a ter eletricidade novamente.

Ao analisar o pedido do TRE-AP, Barroso decidiu: "Tendo consultado todos os demais membros do tribunal, suspendo a realização das eleições municipais de Macapá/AP, até que se restabeleçam as condições materiais e técnicas para a realização do pleito, com segurança da população", informa o G1.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247