Battisti aluga apartamento no bairro dos Jardins, em SP

Procurado na Itália, ele cumpriu quatro anos de pena em regime fechado no Brasil e teve o pedido de extradição negado como último ato do presidente Lula no cargo

Battisti aluga apartamento no bairro dos Jardins, em SP
Battisti aluga apartamento no bairro dos Jardins, em SP
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-ativista Cesare Battisti se instalou em São Paulo com a ajuda do senador Eduardo Suplicy. Ele foi preso no Rio em 2007 e teve o pedido de extradição negado como último ato do presidente Lula no cargo. Leia na coluna de Mônica Bergamo, da Folha:

BATTISTI PAULISTANO

Cesare Battisti está morando em São Paulo há um mês. O italiano alugou um apartamento de 90 m² nos Jardins. O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) serviu de "fiador moral" para o ex-ativista e conversou com a corretora de imóveis que queria referências sobre o inquilino. "Eu disse que o Cesare é correto e que saiu um livro agora, 'Os Cenários Ocultos do Caso Battisti', do Carlos Lungarzo, que mostra que ele é inocente nos assassinatos", afirma o senador.

BATTISTI PAULISTANO 2

Segundo Suplicy, Battisti está se instalando na capital paulista porque, em breve, deve assumir "algum compromisso profissional" na CUT (Central Única dos Trabalhadores). A assessoria da entidade diz desconhecer a informação.

VIDA NOVA

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas em 1970. Foragido, ele acabou preso no Rio em 2007 e cumpriu quatro anos de pena em regime fechado no Brasil. Em 2010, teve o pedido de extradição negado como último ato do presidente Lula no cargo. Desde que o STF, em 2011, validou a decisão de não extraditá-lo, viveu como refugiado político em Cananeia (SP) e no Rio.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email