Boff: Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada

"Devemos fazer valer o primeiro artigo da Constituição que diz que todo o poder emana do povo. É a soberania nacional a primeira a exigir que os guardiães da Constituição o apliquem em nome do bem geral de toda a nação. Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada", afirmou o teólogo e escritor Leonardo Boff

(Foto: Reprodução (Youtube))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O teólogo e escritor Leonardo Boff alertou para a destruição da soberania nacional com o governo Jair Bolsonaro.

"Devemos fazer valer o primeiro artigo da Constituição que diz que todo o poder emana do povo. É a soberania nacional a primeira a exigir que os guardiães da Constituição o apliquem em nome do bem geral de toda a nação. Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada", escreveu o estudioso no Twitter.

"Estando fora do país,olhando nossa situação à distância e conversando com renomados analistas,cresce em mim a convicção de que temos que afastar quem está ocupando o poder central,usando-o para destruir nossa soberania e acabando com tudo o que foi construído com tanto sacrifício".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email