Boff: Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada

"Devemos fazer valer o primeiro artigo da Constituição que diz que todo o poder emana do povo. É a soberania nacional a primeira a exigir que os guardiães da Constituição o apliquem em nome do bem geral de toda a nação. Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada", afirmou o teólogo e escritor Leonardo Boff

(Foto: Reprodução (Youtube))

247 - O teólogo e escritor Leonardo Boff alertou para a destruição da soberania nacional com o governo Jair Bolsonaro.

"Devemos fazer valer o primeiro artigo da Constituição que diz que todo o poder emana do povo. É a soberania nacional a primeira a exigir que os guardiães da Constituição o apliquem em nome do bem geral de toda a nação. Não podemos deixar que a soberania seja letra morta ou anulada", escreveu o estudioso no Twitter.

"Estando fora do país,olhando nossa situação à distância e conversando com renomados analistas,cresce em mim a convicção de que temos que afastar quem está ocupando o poder central,usando-o para destruir nossa soberania e acabando com tudo o que foi construído com tanto sacrifício".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247