Bolsonaristas preparam armadilha contra Greenwald e Intercept

O governo federal pode estar preparando uma ação truculenta contra o jornalista Glenn Greenwald, editor do site Intercept, que revelou os diálogos da Vaza Jato. Reportagem de um site paranaense de direita que diz ter descoberto "o manual do crime de Greenwald" na chamada "deep web" já foi compartilhada pela ministra Damares Alves e pelo delegado Francischini, um dos mais próximos aliados de Jair Bolsonaro, que defendeu "prisão para todos

247 – O jornalista Glenn Greenwald, editor do site Intercept, pode ser alvo de uma ação truculenta do governo federal nas próximas horas. Isso porque uma reportagem que diz ter descoberto "o manual do crime de Greenwald", que, em situações normais seria classificada como "fake news", já foi compartilhada por dois dos principais aliados de Jair Bolsonaro: a ministra Damares Alves e o delegado Francischini. 

Publicada no site Agora Paraná, o texto afirma que "o jornalista Oswaldo Eustáquio mergulhou no inferno do Intercept na Deep Web e descobriu o manual do crime de Greenwald". A reportagem não traz evidência de qualquer ilícito cometido pelos jornalistas do Intercept, mas foi compatilhada por autoridades, como pode se ver abaixo:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247