Bolsonaro debocha de mulheres e chama PL dos absorventes de "auxílio Modess" (vídeo)

Em live, Bolsonaro disse estar "torcendo" para que Congresso derrube seu veto e, assim, precise "tirar um pouquinho de cada ministério" para financiar o programa

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Em transmissão ao vivo nesta quinta-feira, 14, Jair Bolsonaro, que apareceu com sintomas da Covid-19, debochou de mulheres ao falar do projeto de lei da deputada Marília Arraes (PT) que prevê entrega de absorventes para mulheres.

Ele chamou o PL de “auxílio Modess”, em referência à antiga marca de absorventes e que, atualmente, carrega conotação pejorativa.

Bolsonaro ainda afirmou que defende que o Congresso derrube o veto, e voltou a declarar que, nesse caso, vai tirar dinheiro da Saúde e da Educação. “Não existe distribuição gratuita de nada”, argumentou. "Não vou aumentar imposto, vou tirar de algum lugar”, destacou.

PUBLICIDADE

"Vão meter o pau em mim. Tô tirando pq eu sou escravo da Lei. Se o Congresso derrubar o veto, e tô torcendo para que derrube, eu vou arrumar o absorvente, porque não vai ser gratuito [...] Vou ter que tirar R$ 300 milhões de algum lugar", disse.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email