Bolsonaro defende reduzir áreas de conservação e pede "Cancún" brasileira

Jair Bolsonaro (PSL) defendeu hoje uma articulação com governadores dos estados para desmarcar áreas hoje voltadas à conservação ecológica

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em café da manhã no Palácio do Planalto com parlamentares da bancada evangélica, Jair Bolsonaro (PSL) defendeu hoje uma articulação com governadores dos estados para desmarcar áreas hoje voltadas à conservação ecológica. A informação é do portal UOL. 

O presidente deu como exemplo a reserva ecológica de Angra dos Reis, onde ele defende que sejam implantadas atividades turísticas, a exemplo da cidade mexicana de Cancún.

"Por exemplo, vale para todos os estados. [No] Rio de Janeiro, a gente quer fazer ali, pretende, com dinheiro de fora, transformar a baía de Angra numa Cancún. Mas o decreto que demarca a estação ecológica só pode ser derrubado por uma lei", disse o presidente.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247