Bolsonaro desdenha de quase 500 mil mortos e diz que "apesar de tudo, o Brasil vai bem"

Em mais uma demonstração de comportamento genocida, Bolsonaro ignora as centenas de milhares de mortos no país e comemora o PIB

www.brasil247.com - Em pronunciamento, Bolsonaro ignora tragédia em que o Brasil está mergulhado
Em pronunciamento, Bolsonaro ignora tragédia em que o Brasil está mergulhado (Foto: Isac Nóbrega/PR | Bruno Kelly/Reuters / Reuters)


247 - Jair Bolsonaro ignora que o Brasil caminha para 500 mil mortos na pandemia da Covid-19 e comemora o crescimento da economia brasileira no primeiro trimestre

O PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre teve crescimento de 1,2% em relação ao trimestre anterior, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"Lógico que ninguém está falando que vai crescer 6%, mas a previsão aí é no mínimo 4%, que já é um número bastante grande levando-se em conta o uso político por causa da pandemia por parte de alguns", afirmou Bolsonaro em interação com apoiadores no jardim do Palácio da Alvorada transmitida por um simpatizante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Lamentamos as mortes, mas, apesar de tudo, o Brasil está indo bem", disse o ocupante do Palácio do Planalto.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reportagem da Folha de S.Paulo assinala que Bolsonaro tentou justificar por aparecer sorridente, afirmando que a pandemia vai demorar e pondo em dúvida se haverá eleições no próximo ano. "Alguns acham, tem gente filmando aqui, vai sair eu rindo. 'Não pode, não sei o quê, o problema, isso acontece'. Se a gente não tentar ser feliz, vai esperar o quê? Eu pergunto: essa pandemia vai acabar quando? Alguém sabe? Vai até as eleições do ano que vem?"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email