Bolsonaro detona Mourão e diz que “casou errado” ao escolher vice

O governo Bolsonaro tem nova crise política à vista, com a revelação do titular do Poder Executivo de que escolheu o vice errado. Recorrendo às suas metáforas típicas, Jair Bolsonaro disse que "casou errado" ao designar o general Hamilton Mourão para compor a sua chapa. "Eu casei, casei errado. E agora não tem mais como voltar atrás”, disse

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Nota da jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo informa que Jair Bolsonaro preferia o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança como seu vice, e não Mourão. 

A revelação de Bolsonaro foi feita diante dos deputados presentes na reunião desta terça-feira (12), em que anunciou sua saída do PSL e a decisão de criar um novo partido de extrema-direita.  

A coluna narra o diálogo entre Bolsonaro e o Philippe de Orleans: “Príncipe, estou te devendo eternamente”, disse Bolsonaro. Bragança respondeu: “O que é isso. Deve nada, presidente!”  “Devo sim. Você deveria ter sido meu vice, e não esse Mourão aí. Eu casei, casei errado. E agora não tem mais como voltar atrás”, insistiu.  

O príncipe diz nunca ter nutrido um sentimento negativo por ter sido preterido. “Basicamente ele reconheceu publicamente o que estava nos bastidores. Eu entendo que no mundo político há muitas artimanhas, conspirações.”  “O Bolsonaro não precisava de mim para ganhar a eleição. Precisava de alguém que fosse simplesmente leal. Na época, até fiquei aliviado porque ele me liberou para fazer outras coisas.”

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247