Bolsonaro diz que sentar ao lado de uma menina quando criança era “castigo”

"Eu lembro que tinha lá a professora Tutu. Era o nome dela. Tutu. E eu lembro do meu lado sentava a aluna Rosana. Quando botava você sentado ao lado de uma menina, você ficava com vergonha. Era um castigo que você sofria”, disse

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Durante a live semanal nas redes sociais, nesta quinta-feira (26), Jair Bolsoanro reafirmou a sua misoginia é patolóogica ao afirmar que, quando criança, considerava um “castigo” e uma “vergonha” sentar ao lado de uma menina na sala de aula.

"Eu estudei em 1964 no Grupo Escolar Coronel Siqueira de Moraes em Jundiaí. Eu lembro que tinha lá a professora Tutu. Era o nome dela. Tutu. E eu lembro do meu lado sentava a aluna Rosana. Quando botava você sentado ao lado de uma menina, você ficava com vergonha. Era um castigo que você sofria”, disse.

Em 2017, Bolsonaro chamou o nascimento de sua única filha de “fraquejada”.

“Eu tenho 5 filhos. Foram 4 homens, a 5ª eu dei uma fraquejada e veio uma mulher”, afirmou na ocasião

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247