Bolsonaro é paranóico e onipotente diante da pandemia, dizem psicanalistas

A Folha de S. Paulo pediu a opinião de diversos psicanalistas para que comentassem o comportamento do presidente, como “lógica paranóica, messiânica e delirante, demonstração de fragilidade e onipotência”

(Foto: Marcos Corrêa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A imprevisibilidade e as decisões de Jair Bolsonaro para enfrentar a pandemia do coronavírus levou a um questionamento de suas aptidões para permanecer no cargo. A ex-presidenciável, Marina Silva (REDE) disse na sexta-feira, 3, que a situação beira a “necessidade de uma urgente interdição clínica [de Bolsonaro]”.

Em reportagem, a Folha de S. Paulo pediu a opinião de diversos psicanalistas para que comentassem o comportamento do presidente.

Algumas das características comentadas são “lógica paranóica, messiânica e delirante, demonstração de fragilidade e onipotência”, mas afirmaram que as observações sobre suas declarações e atitudes, feitas à distância, não constituem um diagnóstico profissional.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247