Bolsonaro é recebido com laranjas na Suíça

Um grupo de ativistas brasileiras e brasileiros, suíças e suíços organizou uma recepção a Jair Bolsonaro em sua chegada a Zurique, Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial, na cidade suíça de Davos; cada ativista do grupo, com 15 pessoas, levava uma laranja para saudar Bolsonaro à passagem da comitiva na entrada do hotel onde ficou a delegação brasileira, às 13h desta segunda (horário de Brasília); uma cesta com laranjas foi enviada ao quarto de Bolsonaro, com um bilhete lamentando a ausência de Fabrício Queiroz na comitiva

Bolsonaro é recebido com laranjas na Suíça
Bolsonaro é recebido com laranjas na Suíça

247 com Franklin Frederick, de Zurique - Um grupo de ativistas brasileiras e brasileiros, suíças e suíços organizou uma recepção a Jair Bolsonaro em sua chegada a Zurique, Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial, na cidade suíça de Davos. Diante da impossibilidade de obter a tempo uma autorização da prefeitura para realizar uma grande manifestação em Zurique, necessária para evitar problemas com a polícia local, os ativistas brasileiros e suíços encontraram uma maneira elegante e bem-humorada de recepcionar Bolsonaro: com laranjas.


A ação aconteceu às 16h00 desta segunda, 21, (horário local, 13h00 no horário de Brasília), logo após a chegada de Bolsonaro e sua comitiva ao hotel. O grupo, cada um com uma laranja, posicionou-se em frente ao hotel onde o delegação brasileira está hospedada Zurique, de onde segue amanhã para Davos. O grupo contou com a presença de um representante do movimento dos «coletes amarelos» da França.

Uma bela cesta, contendo laranjas e um cartão de boas-vindas em nome do grupo, onde se lamenta a ausência de Fabrício Queiroz na viagem à Suíça, foi entregue à recepção do hotel para que a repassem ao Presidente e sua comitiva -o que, segundo o serviço de concierge do hotel, foi feito logo na chegada da comitiva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247