Bolsonaro elogia ditador Médici e volta a fazer propaganda da cloroquina

Durante visita a uma escola em Bagé, no Rio Grande do Sul, Bolsonaro elogiou Emílio Médici, que comandou o país durante o período de maior repressão da ditadura militar

(Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro está em Bagé, na Região da Fronteira do Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira (31), para participar do lançamento de um condomínio popular construído com recursos federais. 

Durante visita a uma escola, Bolsonaro elogiou o terceiro ditador a comandar o Brasil durante o regime militar, Emílio Garrastazu Médici, que nasceu na cidade e comandou o país durante o período de maior repressão da ditadura militar, com tortura e morte dos que lutavam contra a ditadura, além da censura à imprensa e cerceamento das liberdades individuais e de pensamento.

“É daqui o Médici, o homem que pegou o Brasil nos momentos mais difíceis, onde alguns lutavam para tomar o poder a qualquer preço. Não conseguiram”, afirmou.

Bolsonaro voltou a fazer propaganda da cloroquina Ao desembargar, enquanto interagia com um grupo de apoiadores que gritavam “mito”, ele tirou a caixa do medicamento do bolso e a ergueu, provocando ainda mais gritos.

O medicamento não tem eficácia comprovada contra a doença, segundo diversos estudos científicos, mas Bolsoanro insiste em propagar o medicamento.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247