Bolsonaro entra em desespero com Lula no páreo em 2022

Segundo o jornalista Tales Faria, colunista do Uol, o discurso de Lula “acionou um sinal de alerta” no Planalto e fez Bolsonaro entrar em “pânico”

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro durante cerimônia para sanção dos projetos que ampliam a aquisição de vacinas
Jair Bolsonaro durante cerimônia para sanção dos projetos que ampliam a aquisição de vacinas (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


Revista Fórum - A mudança de postura na cerimônia realizada no Palácio do Planalto na quarta-feira (10) seria apenas uma mostra do desespero do presidente Jair Bolsonaro diante da retomada da elegibilidade por parte do ex-presidente Lula. Na ocasião, o mandatário voltou a usar máscara de proteção e moldou seu discurso para rebater o ex-líder sindical.

Segundo o colunista Tales Faria, do portal Uol, o discurso de Lula “acionou um sinal de alerta” no Planalto e fez Bolsonaro entrar em “pânico”. Nas contas do governo, só será possível enfrentar Lula com uma retomada do crescimento e com a diminuição do desemprego, o que perpassa uma vacinação massiva. Por isso, Bolsonaro agora parece estar mais empenhado a garantir a imunização.

“Bolsonaro contava com adversários fracos. Agora não. Pior: a candidatura Lula recoloca no páreo uma possível candidatura de Sergio Moro, a quem o presidente também temia”, afirma o colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Continue lendo na Fórum

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email