Bolsonaro faz churrasco com embaixadores para celebrar acordo de Israel com países árabes

Encontro aconteceu na casa do deputado Eduardo Bolsonaro. Também, estiveram presentes o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o embaixador dos Estados Unidos, Todd Chapman

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - O presidente Jair Bolsonaro participou de churrasco neste domingo (4) com os embaixadores de Israel, Emirados Árabes Unidos e Bahrein, países que assinaram acordo de paz em setembro. 

O encontro aconteceu na casa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Além do filho do presidente e dos representantes diplomáticos, estiveram presentes o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o embaixador dos Estados Unidos, Todd Chapman. 

Os acordos que normalizaram as relações diplomáticas entre Israel e os dois países árabes, assinados no dia 15 de setembro, foram mediados pelo presidente estadunidense, Donald Trump. 

Bolsonaro postou uma foto do churrasco nas redes sociais, com uma mensagem simples: "Após recentes acordos de paz".  A imagem mostra Bolsonaro e seu filho, o embaixador dos EUA, Araújo e os embaixadores de Israel, Yossi Shelley, do Bahrein, Bader Al-Hulaiabi, e dos Emirados Árabes, Saleh Alsuwaidi. Todos aparecem sem máscara e dando as mãos. 

​'Nova etapa que está nascendo'

No início do seu mandato, o governo Bolsonaro foi criticado por se aproximar muito de Israel, inclusive defendendo a transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, medida que ainda não foi concretizada. Havia o temor de retaliação comercial por parte de países árabes contra o Brasil. 

Em outubro do ano passado, Bolsonaro viajou para Arábia Saudita, Catar e Emirados Árabes. 

Segundo o portal Metrópoles, ao final do encontro, o embaixador de Israel agradeceu ao presidente e ao chanceler brasileiro pelo convite. "Foi excelente, consolidou essa nova etapa que está nascendo" disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247