Bolsonaro lidera a extrema direita global, diz deputado que organizou encontro com neonazistas

“Trocamos figurinha para organizar esse movimento [de extrema direita] a nível de América Latina e a nível global", diz deputado Gil Diniz, que levou a representante de neonazistas a encontro com Bolsonaro

Deputada alemã Beatrix von Storch, do partido “Alternative für Deutschland”, ao lado de Jair Bolsonaro
Deputada alemã Beatrix von Storch, do partido “Alternative für Deutschland”, ao lado de Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução (Instagram))
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - “Os europeus, espanhóis, alemães e até mesmo representantes da Hungria e Inglaterra enxergam o presidente [Bolsonaro] como o principal líder conservador do mundo com mandato. Eles mesmos procuram a gente para entender a nossa realidade, como o presidente vem se consolidando, como a direita no país vem se organizando”, explica o deputado Gil Diniz, que organizou o encontro entre Jair Bolsonaro e a vice-líder do partido AfD (Alternativa para Alemanha), a deputada de ultradireita Beatrix von Storch.

Beatrix é neta de Lutz Graf Schwerin von Krosigk, ministro das Finanças de Adolf Hitler na Alemanha nazista, e já foi investigada por incitação ao ódio contra muçulmanos. O encontro dela com Bolsonaro gerou comoção e repúdio de diversas entidades judaicas. E mesmo judeus alinhados com Bolsonaro ficaram indignados, destaca a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo.

Gil Diniz conta que foi procurado por representantes da direita chilena, ligada ao marido da deputada alemã, e sua assessoria fez a ponte com os deputados Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis (PSL-DF). E afirma que ele mesmo pediu a Jair Bolsonaro que recebesse Beatrix. A conversa da neonazista com Jair Bolsonaro ocorreu na quinta-feira passada (22) e não constou na agenda oficial da Presidência.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email