Bolsonaro nega fim da estabilidade dos servidores e critica "patifaria" da imprensa

Em declaração à imprensa nesta segunda (7), Jair Bolsonaro disparou novos ataques à mídia, desta vez criticando os veículos Folha de S.Paulo e Correio Braziliense. Ele também desmentiu que pretende acabar com a estabilidade dos servidores públicos

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em declaração à imprensa nesta segunda (7), Jair Bolsonaro disparou novos ataques à mídia, desta vez citando os jornais Folha de S.Paulo e Correio Braziliense. 

Em um tom irritado, ele dissse: "Capa do Correio Braziliense dizendo que vou acabar com a estabilidade dos servidores. Não dá para continuar com tanta patifaria por parte de vocês". 

Ele voltou a atacar o jornal Folha de S.Paulo, que publicou uma matéria no fim de semana apontando caixa dois em sua campanha. "Um esgoto", disse ele, referindo-se ao jornal. 

Entenda: 

Apesar de Bolsonaro negar que pretende acabar com a estabilidade dos servidores, uma reportagem publicada no jornal O Globo revelou."Sem constar na agenda oficial, o presidente Jair Bolsonaro se encontrou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na manhã deste domingo no Palácio da Alvorada, para discutir o envio nos próximos dias da reforma da administrativa, que prevê o fim da estabilidade para servidores públicos, e outro texto para a regra de ouro, que, segundo Maia,  terá 'gatilhos para controlar as despesas obrigatórias do governo'". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247