Bolsonaro nomeia como assessor propagador de discurso de ódio

Durante as eleições, Tercio Tomaz era responsável pela página 'Bolsonaro Opressor 2.0', que tem mais de um milhão de seguidores no Facebook e, durante as eleições, postava memes agressivos e xingamentos contra adversários políticos, jornalistas e artistas; Tomaz estava lotado desde 2017 no gabinete de Carlos Bolsonaro na Câmara de Vereadores no Rio, mas desde a época da pré-campanha, passou a exercer função de assessor e fotógrafo de Bolsonaro, apesar de receber o salário do cargo comissionado

Bolsonaro nomeia como assessor propagador de discurso de ódio
Bolsonaro nomeia como assessor propagador de discurso de ódio (Foto: Reprodução/Facebook)

247 - O presidente Jair Bolsonaro contratou como assessor do gabinete pessoal da Presidência da República, para um cargo comissionado que receberá R$ 13 mil, Tercio Tomaz, responsável pela página 'Bolsonaro Opressor 2.0', que tem mais de um milhão de seguidores no Facebook, informa reportagem do Globo.

Durante as eleições, a página postava memes agressivos e xingamentos contra adversários políticos, jornalistas e artistas. Um dia depois do assassinato de Marielle Franco, o perfil fez críticas à vereadora e postou uma montagem com uma foto da parlamentar do PSOL ao lado de outra de policiais mortos, com a legenda: "Tô mais preocupado com a morte dos milhares de policiais todo ano".

Tomaz estava lotado desde 2017 no gabinete de Carlos Bolsonaro na Câmara de Vereadores no Rio, mas desde a época da pré-campanha, passou a exercer a função de assessor e fotógrafo de Bolsonaro, apesar de receber o salário do cargo comissionado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247