Bolsonaro pode ter infectado centenas de pessoas nas últimas duas semanas

Nos últimos 14 dias, Jair Bolsonaro fez reuniões, viajou a seis estados, participou de oito cerimônias e três encontros coletivos, nos quais esteve com centenas de pessoas

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro manteve contatos próximos com centenas de pessoas nos últimos 14 dias. Refratário às normas de distanciamento social, agindo sempre com descaso diante da possibilidade de contágio próprio e das pessoas em volta, trocou apertos de mão, tocou nas pessoas, tirou fotos, conversou em proximidade e não usou máscara em inúmeras ocasiões.

Nos últimos 14 dias, fez reuniões no Palácio do Planalto, quatro viagens, ao Ceará, Santa Catarina, Minas Gerais e Goiás, participou de oito cerimônias e três reuniões coletivas em Brasília.

Ao menos 66 políticos, empresários e outras personalidades estiveram cara a cara com Bolsonaro nesse período.

Em várias ocasiões Bolsonaro não usou máscara, apertou a mão das pessoas, promoveu e participou de aglomerações e rodinhas de conversa sem se preocupar com as normas para evitar o contágio, informa reportagem dos jornalistas Ranier Bragon e Daniel Carvalho na Folha de S.Paulo.

O tempo de incubação da Covid-19, ou seja, o período em que a pessoa está infectada, mas não apresenta sintomas, pode variar de 1 a 14 dias, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Um dos eventos em que ele ignorou as normas de distanciamento foi na cerimônia de abertura da Semana Nacional de Políticas sobre Drogas, em Brasília. 

Em outro evento, na cerimônia de inauguração do Centro de Operações Espaciais Principal (COPE-P), em Brasília, esteve de máscara, mas distribuiu diversos apertos de mão e também participou de diversas aglomerações, diz a reportagem.

Em 24 de junho, Bolsonaro participou em um café da manhã com 13 parlamentares. Ninguém usava máscaras nos momentos em que se aglomeraram em rodinhas e na mesa do café. 

Nas viagens que fez aos estados, Bolsonaro provocou aglomerações e tirou a máscara diversas vezes, inclusive ao posar para fotos com apoiadores.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email