Bolsonaro posta fake news sobre fuga de empresas da Argentina e depois apaga

Jair Bolsonaro afirmou que as empresas Honda, L’Oreal e MWM estariam fechando suas fábricas na Argentina e vindo para o Brasil devido a uma "nova confiabilidade do investidor". A postagem, porém, foi apagada rapidamente após as empresas desmentirem o comunicado feito por ele

www.brasil247.com -


247 -Jair Bolsonaro usou as redes sociais nesta quarta-feira (6) para afirmar que as empresas Honda, L’Oreal e MWM estariam fechando suas fábricas na Argentina e transferindo suas atividades para o Brasil. Bolsonaro, porém, apagou a postagem rapidamente, quase ao mesmo tempo em que a Honda e a L’Oreal desmentiram o anúncio feito por ele. 

“MWM, fábrica de motores americanos, a Honda, gigante de automóveis, e a L’Óreal, anunciaram o fechamento de suas fábricas na Argentina e instalação no Brasil. A nova confiabilidade do investidor vem para gerar mais empregos e maior giro econômico em nosso país”, disse Bolsonaro na postagem que foi apagada. 

De acordo com reportagem da agência Sputnik, a Honda  disse ao portal Infobae que "não fechará sua fábrica na Argentina, e manterá suas operações como previsto, a partir de 2020, concentrando a produção na linha de motos". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A L’Oreal também não confirmou o fechamento de sua indústria no país como anunciado por Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já a fabricante de motores norte-americana MWM, que fechou sua fábrica de construção de motores a diesel na cidade argentina de Jesús María, devido à redução na demanda local pelos seus equipamentos, não confirmou que pretende se instalar no Brasil. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O anúncio da suposta vinda das multinacionais para o Brasil aconteceu após Bolsonaro ter criticado duramente o presidente recém-eleito na Argentina, Alberto Fernández. Ele também disse que não irá e nem enviará um representante à cerimônia de posse de Fernández , marcada para o dia 10 de dezembro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email