Bolsonaro posta fake news sobre fuga de empresas da Argentina e depois apaga

Jair Bolsonaro afirmou que as empresas Honda, L’Oreal e MWM estariam fechando suas fábricas na Argentina e vindo para o Brasil devido a uma "nova confiabilidade do investidor". A postagem, porém, foi apagada rapidamente após as empresas desmentirem o comunicado feito por ele

247 -Jair Bolsonaro usou as redes sociais nesta quarta-feira (6) para afirmar que as empresas Honda, L’Oreal e MWM estariam fechando suas fábricas na Argentina e transferindo suas atividades para o Brasil. Bolsonaro, porém, apagou a postagem rapidamente, quase ao mesmo tempo em que a Honda e a L’Oreal desmentiram o anúncio feito por ele. 

“MWM, fábrica de motores americanos, a Honda, gigante de automóveis, e a L’Óreal, anunciaram o fechamento de suas fábricas na Argentina e instalação no Brasil. A nova confiabilidade do investidor vem para gerar mais empregos e maior giro econômico em nosso país”, disse Bolsonaro na postagem que foi apagada. 

De acordo com reportagem da agência Sputnik, a Honda  disse ao portal Infobae que "não fechará sua fábrica na Argentina, e manterá suas operações como previsto, a partir de 2020, concentrando a produção na linha de motos". 

A L’Oreal também não confirmou o fechamento de sua indústria no país como anunciado por Bolsonaro.

Já a fabricante de motores norte-americana MWM, que fechou sua fábrica de construção de motores a diesel na cidade argentina de Jesús María, devido à redução na demanda local pelos seus equipamentos, não confirmou que pretende se instalar no Brasil. 

O anúncio da suposta vinda das multinacionais para o Brasil aconteceu após Bolsonaro ter criticado duramente o presidente recém-eleito na Argentina, Alberto Fernández. Ele também disse que não irá e nem enviará um representante à cerimônia de posse de Fernández , marcada para o dia 10 de dezembro. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247